Wednesday, September 17, 2008

DAS TREVAS PARA A LUZ

As trevas trabalham cegando, o evangelho é a luz;
As trevas precisam da ignorância, o evangelho é sabedoria;
As trevas se alimentam da mentira, o evangelho produz discernimento;
As trevas mentem, o evangelho é a Verdade;
As trevas dizem sim quando querem dizer não, o evangelho diz sim-sim, não-não;
As trevas fazem o sujeito se sentir o máximo, o evangelho faz a gente se sentir apenas o que é de fato;
As trevas manipulam, o evangelho guia;
As trevas aprisionam, o evangelho liberta;
As trevas obrigam, o evangelho convence;
As trevas castigam, o evangelho corrige;
As trevas ridicularizam o pecador, o evangelho salva;
As trevas apontam o dedo, o evangelho estende a mão;
As trevas causam medo, o evangelho lança o medo fora;
As trevas roubam, o evangelho dá de graça;
As trevas arrancam a mente, o evangelho a renova;
As trevas odeiam, o evangelho é amor;
As trevas oferecem o ópio, o evangelho oferece a cura.

“Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz;”
(I Pd 2.8)


Em Cristo, saúde e paz

Fabio

PS: Esse texto é mais um aperitivo do livro que estou trabalhando sobre o Reino. Ele está no contexto em que comento sobre discernimento.

6 comments:

Nane Souza said...

samente o lançamento deste livro...FALEI...

vania cristina said...

Este livrojá está fazendo muitas pessoas refletirem... Muito bom!

Nelson Siqueira said...

Belo resumo do Evangelho, simples assim...

Rosangela Matias said...

Hum...esperarei ansiosa para lê-lo. Amei o texto!

Anonymous said...

Putz...
o Evangelho nao veio pra acrescentar, veio pra fazer TUDO novamente e do zero.
Muito bom texto.

leandro said...

O evangelho realmente é vida...