Saturday, June 20, 2009

A VIDEIRA NÃO MENTE


Jesus é a Videira verdadeira.

Não de fato uma videira, porém Ele mesmo ilustra nossa dependência Dele como os galhos e frutos são dependentes da seiva da árvore para sobreviver, assim, plantados Nele por meio da graça, viveremos sustentados em Seu amor.Ele é a videira verdadeira.

Acontece que outros seres evocam pra si prerrogativas que são próprias da Videira Verdadeira. Igrejas, pastores e afins dizem sem que digamm (mas as vezes dizendo) que sem eles não há salvação. Dizem com sua teologia estranhamente possuidora de Deus coisas assim:"fora da igreja evangélica não há salvação; sem a cobertura pastoral não há vida com Deus; sem ser membro de alguma igreja não se é membro do Corpo; sem se estar nas rodas evangélicas, se está na roda dos escarnecedores; sem ouvir música evangélica não se adora a Deus; sem apóstolos não há avivamento; sem os ministérios não há ministério; sem títulos não há crescimento espiritual; sem levitas não há musica santa; sem os crentes não há Jesus". Há outras coisas ditas como essas que fazem da igreja uma videirinha falsa geradora de videirinhas falsificadas, já que as coberturas espirituais, discipuladores, pais na fé e afins se veêm e são vistos como geradores das vidas que “ganham” e que rapidamente viram seus ramos e que em gerando ramos são ramos dos ramos, criando assim bonsais da fé, cujo fundamento é a dependência no outro. Pessoas são tratadas como possessão de líderes, bens espirituais, metas alcançadas, resultados pessoais. Geralmente isso resulta em corações despedaçados a longo prazo. Você conhece alguém que um dia se descobriu oprimido mesmo tendo certeza que era livre? Infelizes sorridentes. Cheios de belos discursos, mas com pouca vida de fato. Pouca seiva da Videira. São videirinhas plantadas em vasos eclesiásticos enfeitando as salas da dominação, são troféus ministeriais levantados quando necessário, mas na maior parte do tempo empoeirados.

Fica aqui o meu grito (que não é meu)- Só há uma Videira, nela fomos plantados, o Pai nos limpou e limpa por sua Palavra. Nada nem ninguém é videira. Não quero ser videira, meu papel é de ramo.

Conviver com os irmãos é bom demais; reunirmo-nos para adorar a Deus e estudarmos a Palavra é bom demais; cumprir cada um sua função no serviço de Cristo em amor é bom demais; orar, estudar, visitar, ensinar, aprender, tocar, levantar as mãos, dar as mãos e afins é tudo muito bom demais; tornar-se videira é mentir.
Que cada um, diariamente e em amor beba e coma da seiva vida que flui na Videira Verdadeira.

No amor de Quem nos ensina que o fruto é o amor e frutificar é amar.
Saúde e Paz
Fabio

7 comments:

Danilo Fernandes said...

Navegando por ai achei seu blog. Surpresa boa. Quando tiver um tempinho, vá visitar meu blog também, o Genizah.

A paz!

Danilo


http://genizah-virtual.blogspot.com/

Anonymous said...

Ora, passei por esse blog e ele me respondeu sobre dívidas que tenho tendo. Como fazer quando nós fica criticos e a nossaa igreja impede a crítica? Fala q quem é crítico é filho do diabo! Não tem como eu aceitar a falta de respeito com horário do culto, a mania da igreja de adorar o pastor e não Jesus,a idéia que devemos seguir o q o pastor fala sem uma confirmção em nós, pelo Espírito, do que é certo.
Não quero ser uma cega. vejo a igreja que não concorda, mas que vive com o peso de que se reclamar é pecado! Mas igrejas perfeitas não existem. Não adianta reclamar, pq é capaz do pastor contar no próximo culto falando q o diabo mandou alguém para enfraquecer a fé e fazer a igreja te odiar pq vc teve uma reclamação!!!!
Não sei como conviver, sabendo que sair de lá é em vão pq não existe igreja perfeita!
Não quero uma igreja conhecida no Rio de Janeiro como o pastor profetizou. Quero uma igreja que age.
Como devo fazer isso? Vou estar indo contra a autoridade? Já pensei em criar um blog e até consigo imaginar o pastor falando q sou filha do diabo!
Me explica pastor: só oração resolve?
Me chame de Mia, uma projetista que enxerga em meio ao "ensaio à cegueira" tupiniquim!
Abraços

Fabio Teixeira said...

Danilo,

Muito grato e gostei muito de seu blog. Vamos manter contato

Fabio Teixeira said...

Mia, minha irmã.

Ser critico é uma benção. O critico é aquele que vê os vários lados de uma mesma coisa ou questão. A Palavra nos ensina a manter o pensamento crítico em funcionamento ("julguem as profecias"; "retanhem o que é bom"; "olhai os lírios do campo...") a analise e a razão precisam funcionar sempre e isso não anula a fé ("o culto racional"). O problema é que o pensar é o problema para quem quer pensar por você. O mais interessante é que o que pensa precisa sentir culpa por pensar. Amigas isso são cadeias pra alma.
O fato de você conseguir ver é a chave para que estas cadeias se abram.

Não há igreja perfeita, mas há a Igreja sem mancha e sem mácula, a de Jesus. As igrejas não são a Igreja, antes são organizações humanas e só. Jesus não fundou uma organização ele estabeleceu um organismo, a Noiva, nós a Igreja. Vc não precisa estar em uma igreja, precisa é estar com a Igreja.
Minha irmã liberte-se em nome de Jesus. Saia da neorótica idéia que vc é culpada por enxergar o que não querem que vc veja.

Viva a vida com Jesus, seja feliz. E o melhor a fazer é continuar vendo erros com erros e acertos como acertos, amando, perdoando e vivendo. Esteja vc aonde estiver.

No amor de quem nos libertou para a liberdade de fato.

Fabio
Pode me escrever qd quiser - prfabio@bol.com.br

Fabio Teixeira said...

continuando....

Mia quanto a oração, só oração não adianta nada, aliás muitas vezes em nome da oração não partimos para a ação.

Não se iluda, nada vai mudar, pois o sistema é oque é e só mudará para que ele mesmo seja uma versão atualizada do que sempre foi. É assim, foi assim, será assim. Quem muda são as pessoas.

Se vc está infeliz pq não experimenta mudar vc? Se for para orar ore por ti para que o espirito te guie para um tempo de vida e não de sobrevivencia.

Mais uma vez um grande abraço.

Estou orando por ti

Anonymous said...

Apesar de saber que me preocupar comigo tem que ser minha prioridade é difícil não sair correndo gritando para que todos vejam... Gente grande, com diplomas, tão inteligentes sendo "guiados" a seguir o q o homem manda com desculpa de "revelação ao apóstolo" ou que "o apóstolo é o Moisés da igreja e devemos segui-lo cegamente".
Como uma vez o senhor pregou e ficou marcado ser luz no meio das trevas é fácil. Difícil é ser luz no meio da luz!
Vou buscar independente da situação, (não é o que a gente tanto canta?). Sò não quero fazer campanha pq conheço gente que pereceu no meio dessas batlahas...Quero ganhar vidas e não perder...
Eu já avisei aos meus amigos para terem discernimento ao ouvir a palavra. verefiquem se está de acordo com a bíblia. Se não quando o pastor perguntar :"Amém ou não amém?" vc fica calado!! Quem sabe até ser banhado por uma ousadia e ser a única voz na multidão a gritar "Nâo amém pastor, não amém!"
Pastor, obrigada por me responder.
Sabia que teria uma resposta sábia.

Abraços e continue a benção que és!

Abraços da MIA!

Fabio Teixeira said...

Mia,

Gostaria de deixar-te algumas questões para vc pensar e orar. Será que vale realmente viver essa crise por causa de uma "igreja"? Será que vc tem que estar onde já não se sente parte? Será que de fato é Deus que produz tudo que se diz que Ele faz e aprova?

Fazer campanha? Nossa bandeira é o Evangelho.

Eu prefiro a clareza da Palavra as obscuridades dos homens.

Que o Pai te dê direção

Ainda em oração
Fabio