Monday, October 01, 2007

Números não erram...

Porque não possuem vida;
Não tem neles a complexidade das sensações;
Não são capazes de errar na interpretação dos fatos pela dinamica hermeneutica pessoal do ser humano;
Não guardam lembranças que remetem a risos e a lágrimas, lembranças que voltam do passado quando no presente algo acessa esse banco de dados e emoções;
Não riem de si mesmos e dos outros;
Não sabem o que é amar e sofrer por isso;
Não sabem o que amar e ser feliz por isso;
Tudo que os números sabem é quantificar: quantos tem? Quantos são? Quantos vão?

Pessoas não são números.
Números são perfeitos, exatos, universalmente verdadeiros.
Pessoas não são números.
Pessoas são imperfeitas, inexatas, equivocáveis.
Deus ama pessoas e não as trata como números.

Não és um número, uma meta, uma conquista de alguém.
Não se permita numerar e a ninguém numere.

Saúde e paz

Fabio

7 comments:

Carlos Augusto Correia said...

Pastor Fábio,

Texto Violento demais....deixe-me colocar em meu blog esta mensagem?

Obrigado pelo coment. em meu blog !

Abraço!

* Meu email é cdamasceno@timmaxitel.com.br, me envie seu contato para marcarmos de pregar em nossa igreja!

Alexander said...

Números de fato não erram! Lembro-me que em uma de suas aulas de liderança no seminário vc disse que quando do púlpito olhamos para o auditório e vemos cifrão e não vidas, perdeu-se o propósito de estar ali, ao menos o propósito inicial. Hoje o que mais acontece é isto. Não quero acreditar que foi sempre assim, mais que perderam-se no meio do caminho. Em algum momento deixaram de olhar aquele grande número de pessoas como igreja e passaram a vê-las como um grande negócio.

Tenho conversado com algumas pessoas e a opinião delas é sempre muito parecida. Quero aproveitar a oportunidade e fazer uma pergunta. Por que os pastores de hoje em dia enriquecem? Lembro-me que na igreja primitiva as pessoas vendiam suas posses e distribuíam de forma que todos tinham tudo em comum. O próprio apóstolo Paulo para não ser pesado as igrejas fabricava tendas para sustentar-se.

Por que as pessoas enriquecem?

Alexander

Fabio Teixeira said...

Alex meu querido mano,
Vou tentar simplificar o que é complexo.
De fato não sei se hoje o que mais acontece é isso, mas concordo que parece ser isso o que ocorre com a maioria, pq os que estão mais na "mídia" passam essa imagem mercantilista da fé, dando a idéa generalista que é sim que a maioria vive.
Não serei inocente aqui pra dizer que o meio evengálico não esta corrompido, pq está!! Está corrompido pelo poder, pela notoriedade, pela grana, pela numeralização, pela fama, pelo sucesso, pelo amor ao dinheiro. O nome dessa corrupção é SECULARIZAÇÂO, isso é a tal da CONFORMAÇÂO que Paulo refere-se em Rm 12.2.
Creio que o problema não é o enriquecer, mas é o " onde esta o coração" pq é ali que esta o nosso tesouro, o que consideramos o mais valoroso. Tudo precisa ser equilibrado, temperado com sal na medida certa. O que vemos hoje é muita gente vendo nas igrejas uma obter sucesso e com essa cosmovisão-evangélica-secularizada essa cultura de prosperidade se alastra formando (ou seria deformando?) a cabeça da massa, que vai virando cada dia mais massa e menos individuo livre-pensante.
O antidito para não ser manipulado é a liberdade de pensar com olhos fitos na Palvra que o Novo Testamento nos dá.
Alex, os dias são maus e a nossa salvação esta hoje mais proxima.
Bom é saber que essa corrupção que atinge a religião evangélica não atingirá jamais a Igreja de CRisto.
Ainda bem que Jesus não é evangélico....(entender isso é quase uma novela mexicana pra muita gente)
Abç
Fabio

Carlos Augusto Correia said...

Pastorzão Fábio,

Boa está frase: "Jesus não é evangélico" ......

Carlinhos

Joalsemar Araújo said...

ANTIPITÁGORAS
O seu texto me fez pensar na filosofia de Pitágoras a qual propunha que a natureza essencial de tudo o quanto existe são os números; e realmente algumas práticas eclesiológicas tem sido pitagóricas. E nessa constatação é seu texto é muito feliz em denunciar, alertar e fazer refletir.
Seu eterno aluno.

cleidia said...

Já fui numero me fizeram acreditar que era um zero a esquerda mas o Senhor tem me levantado a cada dia essa palavra e extremamente edificante,pela minha inexatidão se é que existe esta palavra rsrsrsrs, virei um numero, eu erro, por isso não posso ser numero, mas numero não tem o senhor como advogado e eu tenho rsrsrsrs. UM abraço e obrigado por tudo que tem feito até involuntariamente. Cleidia

Anonymous said...

Obrigado por Blog intiresny